RESUMO MENSAL N. 48 (25/9/2007)

GMW RESUMO MENSAL N°. 48
============================================================
-----------------------------------------------------------
DA EDITORA CHEFE, CLAIRE ROBINSON
------------------------------------------------------------

Por favor diga a todos seus amigos que não falam inglês a respeito dos nossos Resumos
Resumos em português, holandês e alemão.
http://www.lobbywatch.org/p1temp.asp?pid=93&page=1

NOS PRECISAMOS DE SEU APOIO
*Se você gosta do estamos fazendo na GM Watch, por favor ajude nos continuando a fazer uma contribuição on line*
http://www.gmwatch.org/donate.asp

-----------------------------------------------------------
RESUMO MENSAL - SUMÁRIO
------------------------------------------------------------

PROPAGANDA, FRAUDE E LIBELO
RESISTÊNCIA/INTERDIÇÕES/RESTRIÇÕES AOS OGMs
APLICAÇÕES OGM/EXPANSÃO
FIASCO DA REGULAMENTAÇÃO NA ÍNDIA
CONTAMINAÇÃO DO ARROZ
FRACASSOS OGM
TERAPIA GENÉTICA
TECHNO-UTOPISMO
BIO COMBUSTÍVEIS
NOTÍCIAS DAS EMPRESAS
CRIMES DAS EMPRESAS
FILANTROPIA DUVIDOSA
SUCESSOS NÃO OGM
BIORISCOS OGM
RESUMOS

------------------------------------------------------------
PROPAGANDA, FRAUDE E LIBELO
------------------------------------------------------------

+ PROPAGANDA, FRAUDE   E LIBELO
O site da GM Watch recentemente foi forçado a sair do ar por quase uma semana, como resultado de uma ameaça legal a respeito do artigo que  pede que um ensaio científico premiado fosse desdito.
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8216

Leia nossa resposta ao ataque da AgBioView à GM Watch sobre a o assunto PROPAGANDA, FRAUDE   E LIBELO – PARTE UM
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8228

PROPAGANDA, FRAUDE E LIBELO - PARTE DOIS
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8240

MAIS ACERCA DA CONTROVÉRSIA
Biotecnologia Canadá - Escândalo SLAPP (SLAPP – Sigla em inglês de “Ação Judicial Estratégica Contra a Participação Pública”)
http://www.i-sis.org.uk/BiotechCanadaSLAPPScandal.php

Canadá ataca a política irlandesa de lavouras OGM
http://www.gmfreeireland.org/morris/index.php

------------------------------------------------------------
RESISTÊNCIA/INTERDIÇÕES/RESTRIÇÕES A OGMs
------------------------------------------------------------

+ ERUDITO ISLÂMICO AFIRMA QUE COMÉRCIO COM ALIMENTAÇÃO OGM É “CRIME CONTRA A HUMANIDADE”
No Quatar o proeminente erudito islâmico, Ali Mohyeedin al-Qurradaghi, conclamou comerciantes e consumidores a boicotar as empresas que comercializam mercadorias estragadas e alimentos OGM, dizendo que estas mercadorias enganosas são “um crime contra a humanidade” e que devem ser tratadas severamente. Ele culpou o aumento dos casos de câncer no mundo em, o que ele chamou de “fraude comercial”. “De acordo com o Sagrado Qur'an, frauda quem tem por fim arruinar a saúde dos outros pelas suas práticas danosas, e deve ser punido com a morte, em público,” disse ele em um sermão.
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8237

CITAÇÃO DO QU'RAN: “Coma e beba daquilo que Allah providenciou e não aja corruptamente, e não cause danos na Terra.“ (2:60)

------------------------------------------------------------
EUA
------------------------------------------------------------
+ EUA VIRARAM-SE CONTRA O HORMÔNIO DO CRESCIMENTO NO LEITE
O anúncio recente das lojas Kroger, proibindo o hormônio de crescimento rbST/rBGH do seu rotulo particular de leite, é parte de uma tendência nacional entre os processadores, atacadistas e fazendeiros de laticínios, diz uma reportagem de MinutemanMedia. org. Starbucks, Tillamook, Safeway e Restaurantes Chipotle que já começaram a deixar de usar o hormônio e a Laticínios Califórnia, Inc.,que produz quase 10 por cento do leite da nação,anunciou que tornou-se livre de rbST no dia 1° de Agosto. As empresas afirmam que a principal razão para esta decisão é a demanda crescente dos consumidores por laticínios livres hormônios.
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8219

+ EUA A COMISSÃO FEDERAL DE COMÉRCIO REJEITOU A RECLAMAÇÃO DA MONSANTO SOBRE OS ANÚNCIOS DE LEITE
A Comissão Federal de Comércio rejeitou a reclamação da Monsanto de que os anúncios de leite , usando os termos "livre de hormônio de crescimento artificial” ou "livre de rBGH" são enganosos. A decisão foi anunciada na mesma semana em que Starbucks concordou em deixar de usar o suplemento OGM da Monsanto. A decisão significa que anúncios, como este da Borden, não fazem reivindicações enganosas a respeito da segurança do hormônio do crescimento.
“Nos trabalhamos exclusivamente com fazendeiros, que fornecem 100 por cento do nosso leite, cujas vacas que não foram tratadas com hormônios artificiais,” diz o anúncio da Borden. “Portanto, em quem você confia quando se trata do leito de sua família?” Sob a política do FDA, é permitido às empresas de alimentação declararem em seus rótulos que não usam o rBST, desde que elas não “levem os consumidores” a acreditar que o leite de vacas sem rBST é mais seguro ou de qualidade superior.
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8232

------------------------------------------------------------
CANADÁ
 ------------------------------------------------------------
+ CANADÁ: FAZENDEIROS ORGÂNICOS PROCURAM AUDIÊNCIA COM SUPREMA CORTE
 Foram protocoladas ações perante a Suprema Corte do Canadá, pelos fazendeiros orgânicos do Saskatchewan, solicitando permissão de apelar contra a decisão de Maio de 2000, da Corte de Apelação do Saskatchewan, que lhes negou o status de ação coletiva, no seu processo contra  a Monsanto Canadá e a Bayer CropScience, por prejuízos causados por OGMs. 

O apelantes Larry Hoffman e Dale Beaudoin estão pleiteando compensação por perdas de canola, certificada como safra orgânica, devido  à contaminação das sementes de  canola por variedades OGM, da Monsanto e da Bayer. Se a Suprema Corte concordar em ouvir a apelação, esta for bem sucedida, o processo será certificado como um Processo Coletivo, sob  o decreto de Processo Coletivo do Saskatchewan, permitido aos fazendeiros  de irem a julgamento sobre esta  controvérsia.
http://www.lobbywatch.org/archive2.asp?arcid=8236

--------------------------------------


Print

Back to the Archive